Após interdição, Saúde de Nova Odessa retoma exames clínicos em novo laboratório nesta terça-feira

14 Setembro 2018
Autor :  

Procedimentos estavam suspensos desde junho, quando Vigilância Sanitária detectou irregularidades na empresa que realizava os exames de urina e de sangue; 10 mil coletas deixaram de ser feitas.

O
O novo laboratório para exames clínicos em Nova Odessa (SP) começou a funcionar nesta terça-feira (11). Os exames de urina e de sangue pelo Sistema Único de Saúde (SUS) estavam suspensos desde junho na cidade, quando o antigo laboratório foi interditado temporariamente pela Vigilância Sanitária do Estado por problemas técnicos.

O prédio tem quatro salas de coleta, uma sala para mulheres que precisam realizar exames ginecológicos e uma sala de descanso para exame de curva glicêmica.

O local vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h para coleta de exames e até às 16h para informações e retirada de exames. O laboratório fica na rua Aristides Bassora, 302, em frente ao Hospital e Maternidade Municipal "Doutor Acílio Carreon Garcia" e ao lado do Cartório Eleitoral.

Segundo a empresa responsável pelos procedimentos, a coleta ocorrerá na cidade, mas os exames serão realizados, por enquanto, em Indaiatuba (SP), sede do laboratório, com os resultados sendo entregues dentro do prazo estabelecido em contrato. Isso porque a área técnica ainda não foi concluída e deve ser entregue em, no máximo, 20 dias.

Desde junho, apenas exames de urgência e emergência eram feitos em pacientes que passavam pelo Hospital Municipal. Segundo o secretário de Saúde de Nova Odessa, Vanderlei Cocato, cerca de 10 mil exames deixaram de ser realizados no período. "Acreditamos que em 30 dias todos esses exames sejam feitos neste novo laboratório", afirmou.

Interdição
A Prefeitura de Nova Odessa informou em 19 de junho que os exames solicitados pela rede pública de saúde da cidade seriam suspensos por tempo indeterminado devido a interdição pela Vigilância Sanitária, que encontrou incorreções técnicas no serviço. À época, a administração municipal começou processo de contratação de novo laboratório para procedimentos emergenciais.

A prefeitura afirmou que, após a interdição, chegou a abrir processo administrativo para apurar o que tinha ocorrido e que vinha cobrando regularização à empresa do laboratório. No entanto, após outra vistoria da Vigilância Estadual, houve interdição definitiva.

Segundo o secretário de Saúde, com a demora da empresa em solucionar as incorreções técnicas encontradas na vistoria, ficou claro que não seria possível renovar o contrato. Com isso, houve rescisão do contrato com o antigo laboratório em julho e aplicação de multa. O valor não foi informado pela prefeitura.

Fonte: (G1)

9 Views
Gisele Ramos

Gisele Ramos é designer gráfico formada em Publicidade e Propaganda, diretora da Gitramos Publicidade, redatora do Diário Notícias e está atualmente em processo para uma cirurgia bariátrica. Não se incomoda nenhum pouco em ser gordinha,mas a saúde vem sempre em primeiro lugar.  Instagram: giseletramos

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O Diário Notícias é um jornal dinâmico e interativo.Nossos ideais são pautados na seriedade e comprometimento. Nossa missão é informar e levar conhecimento a toda a população interessada, independente de opção política, religiosa ou social . Diário Notícias : Compromisso com a notícia!