Violência leva Escola Parque a alugar casa longe do barulho dos tiros da Rocinha

15 Outubro 2018
Autor :  

Colégio vai transferir os alunos da educação infantil para outro imóvel na Rua Marquês de São Vicente, na Gávea

H
Há 48 anos instalada na Rua Marquês de São Vicente, na Gávea, onde já mantém duas unidades, a Escola Parque está se preparando para trocar um dos endereços. Ontem, a instituição alugou a casa rosa instalada no número 268, com amplo jardim e cercada pela mata, para receber os alunos da educação infantil, que hoje ficam no imóvel 486, próximo à Rocinha. Apesar de o colégio não estar na linha de tiro, as crianças têm ficado assustadas com o barulho ensurdecedor dos confrontos ocorridos na comunidade, e que se tornaram ainda mais frequentes no último ano, após a tentativa de invasão à favela.

Diretora pedagógica da Parque, Patrícia Lins e Silva diz que a escola agora vai entrar com os pedidos licença junto aos órgãos responsáveis, mas que tudo está saindo como o programado. De acordo com a educadora, a troca de prédio vai além de uma mudança física para a instituição, que pretende reavaliar suas práticas educacionais, mas sem abandonar seu estilo de vanguarda:

- A mudança será um marco para nós, que queremos pensar o futuro da educação. A casa nos dará um grande entusiasmo - diz Patrícia, acrescentando que o "open house" será no próximo dia 27, véspera do aniversário da Escola Parque, com a realização de uma feira literária.

Após o evento, a casa entrará em reforma, mas para ser ajustada aos padrões de uma escola. O prédio principal não sofrerá alterações.

“A mudança será um marco para nós, que queremos pensar o futuro da educação. A casa nos dará um grande entusiasmo ”

A mudança, considerada positiva por famílias de estudantes, acabou gerando polêmica entre moradores de ruas como a João Borges, próxima ao colégio, como mostrou o blog da coluna de Ancelmo Gois . Eles temem impacto no trânsito. No entanto, a instituição garante que a proposta é de o fluxo contínuo de carros ser totalmente feito por dentro da casa, com entrada e saída pela Marquês de São Vicente, sem nenhum acesso pela João Borges.

De acordo com Patrícia, os alunos dos ensinos fundamental e médio permanecerão em uma outra unidade da Parque, no número 355 da Marquês de São Vicente. A mudança não representará aumento no número de vagas da instituição.

Fonte: (O Globo)

  • Redes Sociais:
13 Views
Gisele Ramos

Gisele Ramos é designer gráfico formada em Publicidade e Propaganda, diretora da Gitramos Publicidade, redatora do Diário Notícias e está atualmente em processo para uma cirurgia bariátrica. Não se incomoda nenhum pouco em ser gordinha,mas a saúde vem sempre em primeiro lugar.  Instagram: giseletramos

O Diário Notícias é um jornal dinâmico e interativo.Nossos ideais são pautados na seriedade e comprometimento. Nossa missão é informar e levar conhecimento a toda a população interessada, independente de opção política, religiosa ou social . Diário Notícias : Compromisso com a notícia!